24 junho 2017

"Como seduzir um Conde"-Resenha

Olá amadinhos! Tudo bem com vocês? Espero que sim!
Como podem ver trouxe mais uma resenha, quentinha para vocês, faz tempo que não resenho um romance de época aqui, então os fãs de carteirinhas do gênero assim como eu, se preparem!


Nome do Livro: Como seduzir um Conde
Escritora: Michaelly Amorim
Gênero: Ficção Histórica
Disponível na plataforma wattpad:https://www.wattpad.com/story/101967119-como-seduzir-um-conde

Sexto lugar no ranking como uma das obras mais lidas e pesquisadas do gênero. 

Sinopse: Elizabeth, ou apenas Lizzie para os íntimos,  sempre jurou se casar apenas por amor, e seguia fielmente isso até que as dividas de sua família a fazer procurar um marido para poder manter segura a herança de seus irmãos. E ao encontrar um diário de uma cortesã ela resolve tentar seduzir um homem rico. O conde de Dorset está superando a traição de sua noiva e acha que todas as mulheres são interesseiras, e terá que provar pra sua Tia, que Elizabeth não é uma exceção a regra como ela acredita. Mas como resistir quando a inocência de Lizzie acaba sendo pecaminosamente atraente para ele? Uma aposta, um livro um tanto escandaloso, e uma Tia-cupido podem deixar as coisas mais complicadas do que se imagina.

Para quem acompanha o blog, vai perceber que já havia mencionado sobre essa escritora aqui, recentemente fiz uma matéria sobre ela e também fiz uma resenha de sua outra obra. Eu sou uma grande fã da Michaelly, adoro sua narrativa e o modo que ela desenvolve a historia, que conduz os acontecimentos, e a leveza que sua escrita possui.  Quando eu comecei a ler Como seduzir um Conde, fui tomada por uma obra fascinante, cativante, um romance de época surpreendente. Leve, precisa e emocionante, deixando, a leitura mais prazerosa e apaixonante.

Temos aqui a Lizzie, uma mulher determinada, doce, corajosa e peculiar, diferente das outras mulheres, Lizzie não quer casar, melhor dizendo não quer casar somente pra ter um marido, ela quer mais que isso, que amor. Ela viveu em uma lar cheio de amor, tendo com exemplo seus pais, que eram loucamente apaixonado um pelo outro. E com isso na cabeça Lizzie determinou que só se casaria com aquele que a conquistasse e sentisse o mesmo por ela.  

O que mais me chamou atenção na protagonista é que ela não abaixa a cabeça, dando sua opinião de forma concreta, porém sem ser rude, ela defende aquilo que acredita, mas não e aquela tipica mocinha que vemos , que sai por ai dizendo o que pensa sem se importa se ofende ou não alguém. Pelo contrario ela sabe se expressar de forma que faça sua personalidade forte se destacar mais ainda. Adorei a forma que a escritora criou essa personagem, cheia de coragem. 



 O Conde, ah! esse eu morri de amores, ele é encantador, forte, risonho, e não ele não e aquele tipico mulherengo que sempre vejo em alguns romances de época, pelo contrario ele não acredita mais nas mulheres, devido a uma grande decepção e isso fez com que ele se fechasse. Outra grande característica que me fez amar mais ainda a historia e que ela não cria personagens clichês. 
"Conde mulherengo e mocinha fragil", não seus personagens são altamente marcantes. 

E quando esses dois se conhecem, uma pequena picuinha se forma, onde ambos iniciam uma grande e engraçada historia de amizade e se encaminhando para o amor. Mais uma vez eu fui tomada por uma historia incrivelmente arrebatadora, muito bem desenvolvida. Aconselho mesmo a todos a lerem essa historia e se encantar como eu. Leiam e tirem suas próprias conclusões, a obra está disponível gratuitamente na plataforma wattpad, mas logo irá para a Amazon e depois irá para o formato físico. 

 Citações Favoritas: 

" ‒ Mas amor é um luxo que nem todos podem ter. - A condessa replicou. - O amor não enche barriga de comida, criança. 
‒ Nem o dinheiro enche o coração de amor, Milady"

"‒ Sempre tem um escolha, Milorde. – Lizzie falou ao perceber o desconforto do Conde. – Mesmo que não pareça haver uma, sempre tem."

"‒ Discordo completamente, na verdade, o amor é desprezado no mundo real, e por isso passa essa impressão. Se o mundo tivesse mais amor, as coisas seriam diferentes."




4 comentários:

  1. Mais uma resenha fantástica pra me deixar sem palavras diante de tanto carinho. Você não tem ideia do quanto tem me motivado a escrever cada vez mais. Agradeço do fundo do coração todo esse carinho que tem por mim e por meus livros, desejo todo sucesso do mundo para você e para o seu blog. Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Curti sua resenha. Muito legal e fiquei curiosa para conhecer o texto. Parabéns, Michaelly e Nayara.

    ResponderExcluir