27 julho 2017

Luíza Marriel-Entrevistas com Escritores(Maratona de Entrevistas)

Olá amadinhos! Tudo bem com vocês? Espero que sim, então bora de maratona de entrevistas? Eu adoro fazer essa maratona e espero que vocês curtam também.

Agora chega de enrolação é vamos ao que realmente interessa.

Ana Luíza Marriel, 21 anos, reside em Minas Gerais, escritora dedicada e muito talentosa, em 3 de março de 2015 tornou-se membro da plataforma wattpad, onde possui 8 obras de enorme  sucesso, 4 delas encontram-se no ranking com obras mais visualizadas e pesquisadas da plataforma. (Obs: A foto ao lado e a capa de uma das suas obras, capa alias que eu acho simplesmente maravilhosa)
Perfil da escritora da plataforma:https://www.wattpad.com/user/AnaLuMarriel

Vamos conhecer mais dessa escritora porreta?

-Qual foi a primeira coisa que escreveu? (pode nos dar uma amostra?)
R= Foi um texto/desabafo lá em 2011, depois da minha primeira decepção amorosa que realmente me doeu. Infelizmente esse texto se perdeu no tempo, mas me lembro de que eu perguntava o porquê de tudo aquilo estar acontecendo, de uma forma teatral (eu sou bem dramática :D)

:
-Qual sua relação com os livros, digo como leitora?
R= Incrivelmente intensa. É sempre uma viagem maravilhosa quando começo a ler algo novo, sabe? Eu me apaixono demais por cada personagem e sinto todas as alegrias e tristezas junto a eles.

-Qual seu gênero literário favorito?
R= Pode ser dois? Porque romance e fantasia tem o mesmo espaço no meu coraçãozinho.

-Sua maior dificuldade como escritora(o)?
R= Vencer os benditos bloqueios! Pelo menos uma vez no mês eles aparecem e me travam totalmente, e quanto mais frustrada com eles eu fico, menos eu escrevo.

-Sua família sabe que escreve? (Todo mundo quer saber essa parte ha ha)
R= Sabe e me apoiam demais! É até engraçado de observar a carinha de cada um, quando conto sobre novidades dos meus livros.

-Ja pensou em desistir de escrever?
R= Várias vezes, principalmente quando começo. Eu não estava satisfeita com o que saia e pensava em desistir constantemente, até que algumas amigas leitoras lindas, me mostraram que desistir não era uma opção boa e que eu deveria insistir, porque uma hora ou outra iria gostar do que estava fazendo. E ainda bem que eu as escutei.

-O que você acha que é preciso pra ser um bom escritor(a)?
R= Paixão pela escrita e por contar histórias.

-Na sua opinião, qual a principal função do escritor(a)?
R= Conseguir passar um pouco de suas verdades, loucuras e paixões para os leitores, através da escrita.

-Qual foi o momento em sua vida que você disse "isso está muito bom! Quero que todos vejam"?
R= No início desse ano, quando escrevi o ultimo capitulo do primeiro livro da minha trilogia The Huntress. O capitulo tinha um pouco mais de três mil palavras e vários segredos foram revelados nele.

-O que você sente enquanto escreve?
R= Felicidade e tranquilidade.

-O Que você acha de seus leitores?
R= As melhores e mais loucas pessoinhas do mundo.

-O que você de hoje, diria a você de antes?
R= Não desiste, lindeza. Vai dar tudo certo.

-Se você pudesse ser um personagem do seu livro, qual seria?
R= Nossa, essa é difícil hahahah Cara, eu tenho duas que eu adoraria ser: Jude e Marina. Jude por ter aquela personalidade maravilhosa e ser capaz de dizer – quase tudo – o que pensa, sem medo. E a Marina por ter a coragem de largar um futuro já pronto, para seguir o sonho dela.

-Você inspirou-se em alguém para escrever um de seus personagens? um possível amor talvez?
R= Sempre rola algum traço de personalidade, gosto musical ou jeito de falar inspirado em alguém que conhecemos, né? Mas nenhum deles foi inspirado totalmente em uma só pessoa.

-O que e mais difícil escrever o primeiro capitulo ou o último?
R= Acho que o primeiro, por ser a introdução ao mundo que vai ser construído durantes os próximos capítulos. Um primeiro capitulo pode destruir ou aumentar a curiosidade do leitor.

-De onde tirou inspiração para o titulo?
R= Eu geralmente tiro de músicas que tenham relação com a temática do livro.

-Qual personagem do livro você gostaria de trazer a realidade?
R= Kellan de The Huntress. Adoraria das uns bei... Conversar com ele :D

-Se o seu livro fosse adaptado par as telonas do cinema, quais atores e atrizes gostaria que desse vida a seus personagens?
R= Nossa, minha única exigência, caso Heartbreaker ganhasse uma adaptação, seria o Shannon Leto no papel de Shane Cristensen. Sei que ele quase não atua mais, com tudo da banda e da marca de café dele, mas seria um sonho!

-Qual sensação de publicar um livro?
R= Inexplicável. Você sente um mix gigantesco de emoções: quer rir o tempo todo, chorar o tempo todo e ficar mostrando para todos os amigos.

-Em qual editora você quer publicar o seu livro? Você já tem isso em mente?
R= Eu estou publicando meu primeiro livro da Trilogia The Huntress, chamado The Huntress – A Caçadora, pela Constelação editorial. Eles têm sido maravilhosos comigo. Além deles, eu tenho as que eu sonho e, quem sabe, possa rolar um dia: Seguinte (selo jovem da Companhia das Letras) e a Intrínseca. As duas tem livros com gêneros que eu escrevo.

-Vai dedicar /Ou dedicou seu livro a alguém?
R= Sim! The Huntress terá uma dedicatória as três pessoinhas que eu mais amo no mundo.

-O que você tem achado mais difícil desde que começou a postar seu livro?
R= A parte da divulgação. Como criar uma maneira chamativa e criativa para conquistar os leitores.

-Qual a pior e melhor critica que seu livro recebeu?
R= Graças a todos os bons deuses, nada muito sério e nem vejo muito como uma crítica, mais como uma questão de gosto. Uma leitora não gostou do fato do principal chamar carinhosamente a principal de linda.

-Acha blogs literários importantes?Qual é a sua visão em relação a eles?
R= Super!! São um meio incrível da história conseguir chegar aos leitores.

-Sua opinião sobre a rixa que dizem ter entre escritores e blogueiros?
R= Fico triste em ver isso, sabe? A galera esquece que ninguém é melhor que o coleguinha e assim como ele está trabalhando, o outro também está e o respeito deve ser primordial. É uma pena, porque por essas rixas, perdem oportunidades de trabalhar com pessoas incríveis.

-Como connheceu o blog "Amante dos Livros"?
R= No facebook, no grupo Wattpad Brasil.

-Bom para mim e uma honra te-lo(a) aqui, e o que você espera dessa nossa parceria?
R= Eu que fico honrada em poder participar desse blog incrível! Espero que só colhamos bons frutos para essa parceria ser um sucesso! <3

-O mercado literário e um pouco dificil, vários gostos e opiniões, desejos diferentes. E um ponto que atualmente e muito debatido e sobre a representatividade. Qual a sua opinião sobre a "representatividade"?
Eu acho primordial. Como já falei para algumas pessoas antes, a representatividade não é obrigatória, mas é importante. Porque quando você faz parte de uma minoria que é raramente retratada da forma que as maiorias são – como os heróis, mocinhos e mocinhas de romance e exemplos de vida –, a felicidade que dá em ver alguém igual a você sendo retratado nos livros, filmes, etc, é gigantesca.

-Uma mensagem para os leitores/escritores que estão cada dia entrando nesse meio, e deseja ter seu livro publicado, qual seu conselho a eles?
R= Sejam bem-vindas(os) a esse mundo louco! A jornada, como a Miley cantou uma vez, é complicadíssima e bem pesada, mas vale super a pena! <3

2 comentários: