05 dezembro 2017

"Juliete Vasconcelos "-Entrevista com Escritores

Olá amadinhos!! Tudo bem com vocês? Desejo que sim, então meus amados estou trazendo mais uma entrevista para vocês, dessa vez a entrevistada será a escritora Juliete Vasconcelos . Confesso que fazer essas entrevistas é uma das coisas que mais amo trazer aqui pro blog, ter essa aproximação com escritor sem dúvidas é maravilhoso.

Vamos Lá?





Qual foi a primeira coisa que escreveu? (pode nos dar uma amostra?)
R= Meus primeiros textos na fase adulta não são ficções, são artigos destinados a portais educacionais sobre temáticas ligadas a Turismo e Educação.

-Qual sua relação com os livros, digo como leitora?
R= Leio bastante, de forma que como resenhista, quaisquer gêneros e em todos os formatos (e-books, plataformas digitais e físicos), mas sou apaixonada mesmo por livros de gêneros thriller e policiais.

-Qual seu gênero literário favorito?
R= Thriller e policiais.

-Sua maior dificuldade como escritora(o)?
R= A falta de tempo para escrever, pois muitas vezes, dadas as responsabilidades diárias, acabo com pouco tempo ou nenhum para meus textos.

-Sua família sabe que escreve? (Todo mundo quer saber essa parte ha ha)
R= Sim, toda minha família e amigos sabem.

-Já pensou em desistir de escrever?
R= Não.

-O que você acha que é preciso pra ser um bom escritor(a)?
R= Gostar de escrever, ler e pesquisar bastante os temas que irá trabalhar.

-Na sua opinião, qual a principal função do escritor(a)?
R= Ser e fazer também o seu leitor satisfeito com aquilo que escreveu.

-Qual foi o momento em sua vida que você disse "isso está muito bom! Quero que todos vejam"?
R= Não que já as (minhas histórias) considerasse muito boas, mas já queria que todos a vissem antes mesmo de começa-las a escrever.

-O que você sente enquanto escreve?
R= Satisfação plena.

-O Que você acha de seus leitores?
R= Não fosse por eles, não teria porque eu seguir compartilhando minhas histórias.

-O que você de hoje, diria a você de antes?
R= “Que não deveria ter demorado tanto para começar a escrever”

-Se você pudesse ser um personagem do seu livro, qual seria?
R= Não consigo pensar em nenhum de meus personagens que tenham “acabado bem” de fato, assim fica difícil escolher. Risos.

-Você inspirou-se em alguém para escrever um de seus personagens? um possível amor talvez?
R= Nenhum de meus protagonistas são inspirados em alguém que eu conheça, mas tenho alguns personagens secundários que têm seus nomes e aparência inspirados em meus leitores.

-O que e mais difícil escrever o primeiro capitulo ou o ultimo ?
R= O último, por saber que chegamos ao “fim”.

-De onde tirou inspiração para o titulo?
R= O título normalmente levo meses para decidir, e são sempre resultados de várias pesquisas, pois tento não escolher um que, mesmo que eu tenha amado, já esteja sendo usado.

-Qual personagem do livro você gostaria de trazer a realidade?
R= Se trazê-los para realidade significa fazê-los viver de fato o que aconteceu nas páginas dos meus livros, nenhum deles. Risos.

-Se o seu livro fosse adaptado par as telonas do cinema, quais atores e atrizes gostaria que desse vida a seus personagens?
R= Não sei dizer, pois percebo que mesmo com as descrições dadas sobre cada personagem, cada leitor o imagina de forma diferente, e eu particularmente não tenho preferências.

-Qual sensação de publicar um livro?
R= Uma das melhores, com certeza. É a realização de um sonho, acredito que para a maioria dos escritores.

-Em qual editora você quer publicar o seu livro? Você já tem isso em mente? 
R= Um de meus livros está em processo de pré-venda pela Editora Sekhmet, os demais também tenho em mente em qual editora publicar.

-Vai dedicar /Ou dedicou seu livro a alguém?
R= Sim, dediquei-o ao meu marido e filhos.

-O que você tem achado mais difícil desde que começou a postar seu livro?
R= A falta de tempo, pois acabo deixando meus leitores até meses sem uma atualização.

-Qual a pior e melhor crítica que seu livro recebeu?
R= Não sei precisar qual foi a pior ou a melhor, costumo ouvir a maior parte das críticas que recebo e agradecer por elas, se forem úteis ao meu processo de escrita, uso-as, pelo contrário, descarto-as.

-Acha blogs literários importantes? Qual é a sua visão em relação a eles?
R= Com certeza acho-os importantes! O trabalho prestado por um blogueiro literário faz toda diferença na carreira de um autor, não vejo como possam haver melhores parcerias.

-Sua opinião sobre a rixa que dizem ter entre escritores e blogueiros?
R= É lamentável que haja essa rixa, mas de qualquer forma, quem perde mais é o escritor que é contrário a essas parcerias.

-Como conheceu o blog "Amante dos Livros"?
R= Através de um post no grupo Wattpad do Facebook.

-O mercado literário e um pouco dificil, vários gostos e opiniões, desejos diferentes. E um ponto que atualmente e muito debatido e sobre a representatividade. Qual a sua opinião sobre a "representatividade"?
É um debate do qual não costumo tomar partido, pois para mim, o direito de decidir sobre o que irá tratar seus textos, e como e quem serão os seus personagens, cabe somente ao próprio autor.

-Uma mensagem para os leitores/escritores que estão cada dia entrando nesse meio, e deseja ter seu livro publicado, qual seu conselho a eles?
R= Pesquisem bastante antes de decidirem de qual forma irão lançar, se de forma independente ou por alguma editora, se por essa última, busquem conhecer um pouco da experiência dos autores já lançados por ela. E se puderem investir, invistam!

Agora vamos conhecer "O outro lado" de Juliete Vasconcelos 
Livros Escritos:
Trilogia O Ceifador de Anjos: A Coleção de Fetos, Vincent Hugues antes da Coleção, e A Última Ceifa; Quando os Pássaros Pousam e Outros Contos Psicopáticos; Os Bastardos do Lote 502; Publicidade Sangrenta; Dente de Leão. 
Livro Fisico:(Link para adquiri-lo/compra-lo): https://editorasekhmet.wixsite.com/meusite/ceifador
-Qual seu passatempo favorito?
R: Escrever, ler, assistir filmes.

-Se pudesse ser um animal, qual seria?
R: Um gato.

-Seus cantores/bandas favoritos?
R: Não tenho.

-Uma série que te marcou:
R: Dexter.

-Um filme que te marcou:
R: Hannibal - Dragão Vermelho, O Silêncio dos Inocentes e A Origem do Mal.

-Um livro que te marcou:
R: O Cirurgião, Tess Gerritsen.

-Doce ou Salgado?
R: Doces!

-Dia ou noite?
R: Depende.

-Mudaria algo em si mesmo(a)?
R: Mudaria muitas coisas.

-O que vem à mente, quando escuta a palavra amor?
R: Filhos.

-Qual lugar sonha em conhecer?
R: Tantos, a começar por Foz do Iguaçu.

-Lugar favorito da casa?
R: Meu quarto.

-O que te faz feliz?
R: Família, amigos, livros, viagens e doces.

-O que te deixa triste?
R: Muitas coisas têm me deixado triste ultimamente, a começar pelo rumo incerto que nosso país está seguindo diante de tantas mudanças.

-O que não pode faltar em uma noite de sábado, ou domingo?
R: Livros para ler.

-Humanas ou Exatas?
R: Humanas.

-Qual a matéria era a sua favorita na escola?
R: Língua Portuguesa.

-Matéria que mais detestava?
R: Educação Física e Artes.

-Número da sorte?
R: 5.

-Dia da semana favorito?
R: Sábado.

-O que não nos mata?
R: Nem sempre fará bem!

-Praia ou campo:
R: Praia.

-Chuva ou sol?
R: Sol.

-Suco ou café:
R: Suco.

-Cerveja ou vinho?
R: Cerveja.

-Comida favorita?
R: Nhoque.

-Uma música que te faz relaxar?
R: Qualquer uma da Enya.

-Uma data especial:
R: 27 de fevereiro.

-Eu odeio...
R: Cozinhar.

-Eu amo...
R: Viajar.

-Programa de tv favorito?
R: Nenhum.

-Uma lembrança da infância:
R: Casa da vó.

-Você se considera uma pessoa ciumenta?
R: Um pouco.

-Na escola você era mais nerd ou popular? 
R: Nerd.

-Sua fruta favorita? 
R: Não tenho uma preferida.

-Descreva a sua aparência.
R: Baixíssima (1,52), branca, cabelos pretos até os ombros. Tenho que contar meu peso???? Risos.

-O que te faz sair do sério? 
R: Me fazer esperar muito tempo após o horário marcado.

-Você é filho(a) único? 
R: Não, tenho 3 irmãos.

-Minha família é:
R: A realização do meu maior sonho!

-Descreva sua personalidade.
R: Costumo ser extrovertida, sou confiante e focada nos objetivos que almejo alcançar. 

-Já fez loucuras por amor? 
R: Não.

-Um sonho? 
R: Ter dezenas de livros publicados.

-Já passamos da metade do ano de 2017, você já realizou alguma meta que tenha feito para este ano? 
R: Sim, algumas.

-Gosta de cozinhar ou tem dotes culinários? 
R: Detesto cozinhar, infelizmente não tenho nenhum dote culinário.

-Gosta de praticar esportes? 
R: Não muito.

-Se defina em uma palavra:
R: Sonhadora.


Quero agradecer a participação da escritora, agradecer também por topar participar dessa entrevista, foi uma honra.

2 comentários:

  1. Nay, muito obrigada pelo espaço e por sua atenção! Adorei a entrevista, assim como conhecê-la e conhecer ao Amante dos livros, muuuito obrigada! Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Nay! Ótima entrevista! Juliete li sua obra e me encantei com Vicent. Parabéns! Grande enredo. Abraços!

    ResponderExcluir