21 dezembro 2017

"O Monstro Rendido"- Resenha

Olá amadinhos! Tudo bem com vocês? Desejo que sim, minha nossa que saudades! Estou sumida não é? Esse mês está sendo bem louco, muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, que ainda estou tentando administrar. Mas para me redimir com vocês estou trazendo uma resenha, de um dos melhores livros que já li na vida.

Obs: Escrevi essa resenha ouvindo Amy Lee - Love Exists, não sei mas acho essa música tudo a ver com a ocasião.



"O Monstro Rendido" é o segundo volume da série No berço da Máfia da escritora Nana Simons (esse é um nome já conhecido aqui, fiz resenha do primeiro livro e muitas indicações), esse livro emocionou, surpreendeu e mais uma vez mostrou o quão incrível Nana Simons é.

O Monstro Rendido está em degustação na plataforma Wattpad e em breve estará lindo e maravilhoso  na Amazon, e assim que sair conto para vocês.

Não é novidade para ninguém que eu tomei uma amor absurdo por livros com o tema "mafia" e ainda mais pelos livos da Nana, eu simplesmente amo a forma que ela escreve, a forma que ela cria personagens tão intensos e tão marcantes, e não foi diferente com O Monstro Rendido.

 Esse livro é espetacular, nele vamos ver a Bonucci mais determinada e desafiante da mafia, Anita é minha diva inspiração, a coragem, determinação, força e sinceridade faz dela uma personagem impactante.

Não esperem encontrar uma pessoa dócil, ela tem um espirito selvagem, livre, muitos a julgam por isso mas ela pouco se importa, uma das coisas que mais amo nessa personagem é como ela foi tão corajosa com tudo que lhe aconteceu, o amadurecimento dela no decorrer do livro, de como ela aprendeu a ver a vida de uma outra maneira, de que você não precisa ser apenas "um rostinho bonito", que a pessoa que ela realmente é e mais que beleza.

A Nana criou uma personagem feminina arrebatadora, inesquecível e isso que realmente precisamos ver, aquela personagem real, aquela personagem que nós inspire e ensine mais da vida, isso é as personagens da Nana.

A Anita me ensinou tanto, ela é o que é, sem mascaras, sem fingimentos, fogo em pessoa é foi justamente esse fogo que atraiu o Luigi DeRossi sim o mais cretino, o mais mulherengo, o mais arrogante, juntos eles entram em um jogo perigoso, sem pensar no depois, nas consequências, eles se envolvem mal sabendo que aquele jogo tomaria um rumo inesperados para todos.

Luigi nunca escondeu sua verdadeira face, se ele quer? vai lá e toma, não mede esforços, não mede consequências, aquele momento é dele e pronto, mas para um homem determinado, sedutor, nada mais justo que uma mulher para bater de frente certo?

Dono de um sarcasmo enorme vamos ver o segundo irmão DeRossi  provar do próprio veneno, personagem que me faz ter uma relação de amor e ódio, assim como a Anita o Luigi é determinado naquilo que quer, tão intenso quanto ela.


Um romance totalmente fora do clichê, ele é duro, trágico, impactante, marcante, trás angustia, medo, mas trás fé, esperança que até os mais terríveis monstros possa mudar, possa amadurecer, e ser alguém melhor para si mesmo e para quem ama.


Anita e Luigi um casal fora de qualquer padrão, juntos aperfeiçoando, lapidando dois corações tão diferentes e tão iguais, tão quebrados e tão completos, provando que o amor pode nascer de onde menos se espera,que o amor pode sobreviver a dor, as provações, as angustias, a raiva , a magoa e a vingança. Que quando duas pessoas estão predestinadas para serem uma da outra , o destino trata de junta-los, que a rendição e para todos, até para duas pessoas terrivelmente quebradas.


O Monstro Rendido me marcou, cativou, emocionou e me fez olhar as coisas diferentes, isso é o que torna os livros da Nana tão especiais, a mensagem por trás de tudo.Eu mais que recomendo esse livro, uma obra arrebatadora, fascinante, abrasadora. Eu me rendi a esse livro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário