20 janeiro 2018

"Rebeca Amorim"-Entrevista com Personagens

Olá amadinhos! Tudo bem com vocês? Desejo que sim. Estou imensamente feliz, pois o "quadro" entrevista com personagens está de volta, sim vamos ter muitas entrevistas ainda por aqui, porém oficialmente só irei iniciar no inicio de fevereiro, mas resolvi fazer um pré-lançamento aqui para vocês, e para começar com tudo, trouxe a personagem Rebeca Amorim do livro Um café e Você, para viagem da escritora Raquel Rasinhas(R.Ras). Livro Disponível para compra na Amazon : https://www.amazon.com.br/Um-caf%C3%A9-Voc%C3%AA-para-viagem-ebook/dp/B077M1Q8B8/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1516473486&sr=8-1&keywords=um+cafe+e+voc%C3%AA+para+a+viagem 

Vamos lá?


Foto acima: Avatar da personagem

 Primeiramente quero dizer a você Rebeca, seja muito bem vinda, agradeço a oportunidade dessa exclusiva com você sei que sua agenda é muito cheia e arranjar um espaço nela para mim, faz sentir-me honrada. Quero acrescentar que sou fã do seu trabalho e sua historia de vida é linda.


Perguntas.

-Rebeca você é uma mulher forte e com personalidade intensa, você é guerreira, não foge da luta,  saiu em busca dos seus sonhos e mesmo quando parecia que não ia conseguir, deu a volta por cima e realizou. Isso é fonte de inspiração para muitas, como é que você se sente sabendo que chegou lá?
R: Nossa, é uma emoção sem igual. Olhar para trás e ver que tudo valeu a pena, todos os sacrifícios, noites em claro, abdicar das baladas, absolutamente tudo valeu a pena.

Em que momento da vida você se deu conta, do seu talento?
R: Eu sempre amei cozinhar, desde pequena fiquei grudada na minha mãe na cozinha, vendo o que ela fazia e depois ia pro meu quarto e brincava de fazer as mesmas coisas. Meu sonho era cozinhar 1/10 do que a minha mãe cozinha e sem que ainda falta muito para chegar lá kkkk

 Você se tornou uma pessoa famosa com o café, como se sente em relação a isso, e como lida com os fãs?
R: Até agora a ficha não caiu. Aparecer no jornal e depois na televisão foi algo tão incrível e tão repentino que as vezes ainda penso que foi um sonho, mas quando chego no café e vejo a fila sem fim, pessoas pedindo para tirar fotos e até meu autógrafo, eu me sinto no céu.

 As mulheres ainda sofrem para ganhar seu reconhecimento e valor, o machismo ainda está impregnado em nossa sociedade, qual seu ponto de vista sobre isso? 
R: Acho que é um obstáculo que ainda vai demorar muito para derrubar. Vivemos em uma sociedade patriarcal e a mulher foi e é vista como fraca em vários aspectos, cabe a cada uma de nós mostrar que não é assim, que somos muito fortes e capazes, que não vamos desistir e nem ficar chorando pelos cantos ao primeiro tropeço.

 Mudando um pouco do assunto, você sofreu um trauma enorme com um ex funcionário, sei que esse assunto é bem delicado, e peço desculpas por menciona-lo, mas o que eu gostaria de saber é como você conseguiu superar isso, se ainda tem certo medo? 
R: Realmente foi algo horrível, ainda parece meio surreal, como um pesadelo. Ter minha família e amigos ajuda sempre, claro que ainda é um pouco difícil pensar nisso, mas com o tempo acho que vamos superar. O mais importante é que todos estão bem.


Agora vamos mudar o foco e falar sobre amor. O que o Dominic representa em sua vida?
R: Nossa... Esse foi um pulo e tanto de assunto kkk O Dominic se tornou alguém que meu coração precisa para continuar batendo. É meio bobo falar isso, mas é a verdade.

 Rebeca eu preciso saber, o que te levou a aceitar a proposta dele?
R: Nem eu sei kkkk Acho que na hora eu estava pensando com os hormônios, como a Lele disse para eu fazer. Eu pensei: Ele é gato, boa pessoa, trabalhador e quer o mesmo que eu. Por que não? E vou te falar, não me arrependo em nada.

O que se passou na sua cabeça quando descobriu o seus verdadeiros sentimentos por ele?
R: Eu surtei. Simples assim. Eu não queria pensar nisso e muito menos sentir, eu queria penas focar no meu negócio e na minha carreira. Ai vem o Dominic, cai de paraquedas no meu colo e joga tudo a baixo.

Qual a característica que mais te atraiu no Dominic?
R: A fofura dele (Não conta pra ele). O jeito meigo e carinhoso, como ele é zeloso e cuidadoso e claro que o sexo é um bônus muito bem vindo.

O que vem a cabeça, quando surge o nome Dominic?
R: Amor.

Como é estar ao lado de um dos personagens(Dominic) mais amado, forte, lindo, trabalhador, honesto, gentil carinhoso, meigo , fofo ?
R: É um presente. Ele me surpreende a cada dia, com todas essas qualidades e muitas outras mais. Eu simplesmente não me imagino mais sem ele.

Rebeca, não sei se é do seu conhecimento, mas o  Dom recebeu o selo Homão da Porra, Destruidor de sanidade mental. Não somente pelo seu corpo(delicioso diga-se de passagem) mas por sua personalidade e caráter. Qual sua opinião sobre isso? 
R: Eu fiquei sabendo sim, ele me contou depois de dar a entrevista aqui para o Blog. Eu não me incomodo, na verdade eu adorei. (Tinha que ver a cara dele, ficou todo vermelho de tão sem graça) Obrigada por ter me presenteado com um Homão da Porra muito fofo.

Agora indo para perguntas mais leves.

 Você mudaria algo nessa sua trajetória até aqui?
R; Absolutamente nada. Bem talvez ter dado um soco na cara do meu ex, mas fora isso não mudaria nada.

O que a Rebeca  de hoje diria para a Rebeca  criança?
R: Você é forte e vai vencer tudo o que te prende, vai ser muito feliz e vai fazer outra pessoa muito feliz também.

Uma música que te faça lembrar do Dominic?
R; Crazy Love (Versão 50 tons de cinza)

Um conselho para os homens e mulheres sobre o amor e sonhos. 
R: O amor é muito, muito, muito difícil. Vai ter momentos em que vocês vão queres desistir de tudo (sonhos e amor), mas não desistam por que vale muito a pena no final. Digo por experiência própria.


Quero agradecer a sua participação, amei conhecer mais um pouco sobre você. Sou sua fã!

Resposta da Rebeca: Que linda! Eu amei dar essa entrevista e contar um pouquinho mais sobre a minha história. Mais uma vez, muito obrigada e o Dominic (nosso homão da porra) mandou muito beijos para todos.

2 comentários: