15 fevereiro 2018

"Uma "José" Do Século 21" -Resenha

Olá amadinhos! Tudo bem com vocês? Desejo que sim. E estou trazendo uma super resenha de um gênero que se transformou em um dos meu queridinhos "romance cristão", o livro "Uma "José" Do Século 21" da escritora Rayane Pazini. Esse livro é um verdadeiro tapa na cara, uma obra intensa e muito verdadeira. 



















Link do Livro:https://www.wattpad.com/story/56004931?utm_source=android&utm_medium=link&utm_content=story_info&wp_page=story_details_button&wp_uname=RayanePazini&wp_originator=2zZOREpUyoMJBXrwOljMT90kI9PEl28nRtsx%2BMIj2G4AS7dUzrIt0J%2BD3ASFsVRzGHIiHAt%2FYwGpHbMfaRvhSG6jE%2FRDrjb18iHDtUzAPL7%2FA6x4ow5XqpduLk4oKZeR&_branch_match_id=331872313985793568

Quando eu comecei a ler esse livro eu não imaginava o tamanho do aprendizado que iria adquirir, Rayane tem uma particularidade de escrita única, trás grande riqueza de detalhes,é direta, descreve a cena com perfeição dá para quem ler a sensação gostosa de querer acompanhar mais a leitura. Dá detalhes do que acontece, mas sabe colocar o necessário, não coloca coisas que não tenha a ver com o contexto da cena.  


Tem uma forma de escrever que cativa a quem ler, impressiona, ela é forte e diferenciada,descreve as coisas tão bem, e como se de fato eu estivesse diante dos personagens. As vezes eu me esquecia de onde estava e mergulha apenas na leitura. 



"— Não sei se ela vai deixar... — lamentou se lembrando que sua mãe muito a limitava. — E se você falasse com ela? Daí ela não teria coragem de dizer não — encheu-se de expectativa."




Essa citação acima, me lembrou muito quando era pequena e falava esse tipo de coisa para minhas amigas, amei sentir a sensação de nostalgia. Ela tem uma abordagem de falar de um tema tão importante, de uma forma tão cativante, tão apaixonante, a fé.


Será que realmente estamos conectados com Deus? Eu particularmente não sou uma pessoa religiosa, porém me mantenho sempre perto de Deus—as aparências enganam ne? — E esse livro só fez aumentar essa conexão, me trazendo um novo olhar para o mundo, me fez repensar várias coisas da minha vida.


A personagem Marjorie —Ou Mar como eu costumo chamar— é inspiradora demais, a garra dela, a fé, a coragem e o amor por Deus, enfrentou seus conflitos por algo maior, a todo momento vir em sua batalha sua fé se fortalecer ainda mais, mesmo com todos os percalços, mesmo quando tudo parecia desmoronar,ela se agarrou a algo maior que tudo aquilo. 


Outro tema que me fez cair mais ainda de amores na leitra foi a aceitação da personagem, aceitar quem ela é, aceitar como ela é, e alguns fatores fizeram ela ter essa imagem distorcida de sí mesmo, é isso foi algo que deu o toque final no livro,  foi um verdadeiro tapa na cara para quem ler. O modo como falamos e tratamos alguém pode modificar para sempre como aquela pessoa olha para si mesma. 



"Uma "José" Do Século 21" fala sobre fé, esperança, amor, aceitação e acreditar que quando confiamos em nós mesmos, em nossas qualidades , fala sobre como devemos nós olhar com amor e não deixar que os percalços da vida não deixe , a gente nós ver como realmente somos. 


Uma obra arrebatadora que estará guardada para sempre em meu coração. 






💙💙💙Citações Favoritas 💙💙💙



"— Não sei se ela vai deixar... — lamentou se lembrando que sua mãe muito a limitava. — E se você falasse com ela? Daí ela não teria coragem de dizer não — encheu-se de expectativa."




"Ela via bondade em seu coração, e orava a favor de que Deus tirasse de sua mãe os espinhos de seu coração que sufocava a sua doçura e feminilidade. Orava para que ela fosse feliz."


"
Tais críticas em relação ao meu corpo estavam acabando com a minha paciência. Desde os meus doze anos, eu ouvia dos meus parentes e colegas como engordava! "


"— Merda! Por que sou tão desastrada? — ralhei baixinho, prevendo o enfurecer de minha mãe. "





Um comentário:

  1. Nay!

    Agora vai sair o comentário kkkk

    depois de tanto tempo...

    Eu agradeço muito por sua gentileza em ajudar escritores iniciantes como eu. Cada palavra dita servirá de motivação para mim.

    ResponderExcluir