02 abril 2018

"Theliel: O Despertar"-Resenha


Olá amadinhos! Tudo bem com vocês? Desejo que sim, faz tempo que eu estou louca querendo compartilhar com vocês mais um livro "enlouquecedor", "Theliel: O Despertar" uma obra da talentosa escritora Anne Koel.  Confesso que quando iniciei leitura, não imaginava que iria ser conquistada logo n´s primeiros capítulos, o tema " anjos"  sempre me chamou atenção, eu sempre me vejo presa por livros assim, e depois que eu li "Theliel" , esse amor pelo tema só aumentou.

Obs: Escrevi essa resenha ao som de LOVE EXISTS—AMY LEE. Pois casa perfeitamente com o livro








































Link: Theliel: O Despertar (Anjo da Guarda Livro 1)

O que falar de uma obra tão intensa, tão arrebatadora?  Com uma delicadeza, com uma sensibilidade, é uma história de tirar o folego, essa é a primeira obra que eu leio da autora, e estou simplesmente apaixonada por sua narrativa,  a autora reuniu: Enrendo incrível + personagens marcantes. Essa obra é tão singular, sem dúvidas ela criou uma obra tão unica, tão original, tão extraordinária.



Com personagens inesquecíveis vamos ver surgir um amor tão incomum, mas tão verdadeiro, tão sincero e intenso, 
vi duas pessoas tão distintas e iguais ao mesmo tempo, se conectar, se envolver de uma forma tão bem trabalhada, a ligação que os personagens desenvolveu, a forma que o romance foi construído, com a delicadeza e cuidado da autora. Esse livro me tirou suspiros e emoções absurdas.



Theliel —Quero esse anjo em minha vida, literalmente— veio com um missão aqui na terra, mas todos seus planos foram modificados, desde o momento que ele sentiu o amor humano em seu coração, desde o momento que a doce Anna o fez conhecer sentimentos desconhecidos por ele. —Não vou dar muito sporiles do que se trata o livro ha ha—.



Essa história é tão encantadora, uma  história de tirar o fôlego, não foi nada do que eu imaginei, pois foi muito melhor, a autora teve uma  forma de conduzir a história, que me vi querendo mais e mais, e ansiosa a cada pagina virada.Vi conflitos internos surgindo, até que ponto o amor é capaz de seguir? O que se esperar de um sentimento de seres tão distintos e tão iguais?


Anne Koel tem uma forma de escrever que cativa a quem ler, impressiona, ela é forte e diferenciada,descreve as coisas tão bem, e como se de fato eu estivesse diante dos personagens. As vezes eu me esquecia de onde estava e mergulha apenas na leitura.

Seus personagens são tão impactantes, tão fortes, tão verdadeiros e arrebatadores, não são personagens previsíveis, não são personagens comuns, muito pelo contrario são personagens únicos e verdadeiros, eu queria tanto poder transcrever tudo aquilo que a leitura me proporcionou, mas eu não consigo, me faltam palavras. 


Foram tantos sentimentos transmitidos, parabenizo a escritora pela obra e agradeço por me proporcionar uma das milhas melhores leituras da vida. Eu já disse muitas vezes, mas gosto sempre de lembrar que:
 são livros assim que me lembram o porque de amar tanto a literatura nacional.






Nenhum comentário:

Postar um comentário